Maquilhagem “High End” -A qualidade paga-se? (Ft. ABS, Guerlain, Shiseido, Urban Decay)

Hoje estou-me a sentir extra fancy por isso trago-vos um post sobre as minhas últimas compras de maquilhagem considerada “high end”- de alta qualidade.

Para começar em grande apresento-vos a estrela deste post: a paleta de sombras da Anastasia Beverly Hills, Modern Renaissance.

Processed with VSCO with g3 preset

A paleta é em tons rosa com acentos dourados e é forrada com um material tipo feltro. O único inconveniente é que se suja com alguma facilidade e não pode ser limpa facilmente.

Processed with VSCO with a5 preset

As sombras em si são bastante pigmentadas e “amanteigadas”, sendo muito fáceis de esbater. As cores são maioritariamente tons quentes, matte, com duas sombras brilhantes e algumas com pequenos brilhos subtis.

Uma vez que a paleta foi inspirada em pinturas renascentistas podemos ver muitos dos tons mais utilizados na época pelos artistas. A primeira imagem que me surgiu na cabeça ao ver a paleta foi “O Nascimento de Vénus” e de facto podemos ver todos os tons representados (exceto o azul água – a minha cor preferida, mas nada que não se resolva com um eyeliner de cor).

É completada a paleta com um pincel duplo, para aplicar e para esbater as sombras. O lado de esbater tem as cerdas um pouco mais firmes do que eu esperava mas também não é inutilizável.

Veredicto: melhor paleta do mundo!

Foi a minha primeira compra no site Cult Beauty e fiquei muito impressionada com o serviço. Apesar de ser uma loja britânica a encomenda chegou em menos de uma semana.

Dica: se quiserem comprar na Cult Beauty ao fazerem a conta dirijam-se à vossa área pessoal no site. Lá vão encontrar um questionário sobre as vossas preferências que vos irá oferecer 15% de desconto na próxima conta.

 

Processed with VSCO with a5 preset

Encontrei os Météorites Perles da Guerlin no tom 02-Clair numa perfumaria de rua em liquidação. Foi o meu dia de sorte! Há muito tempo que queria experimentar este produto de culto mas o preço normal é muito elevado.

Os meteoritos são basicamente um pó de acabamento que promete deixar a pele luminosa ao mesmo tempo que corrige imperfeições (razão pela qual as pérolas são de cores diferentes).

Os meteoritos são feitos à mão e são dispostos dentro desta lata prateada. Têm um cheiro forte floral que liga todo o produto.

 

Processed with VSCO with a6 preset

Este gloss da Shiseido no tom VI708 – Phantom- é descrito pela marca como sendo um “lavanda pálido etéreo”. Eu não sou muito adepta de gloss no entanto quando vi este tom apaixonei-me. Faz-me lembrar sereias, unicórnios e tudo o que é mágico.

Processed with VSCO with a6 preset

É transparente, com brilhos lilás. Perfeito para o verão e maquilhagens de olhos mais pesadas. Dura imenso e não é demasiado pegajoso nos lábios.

(Em promoção na Perfumes & Companhia).

 

Processed with VSCO with g3 preset

Por último tenho para vos mostrar o batom matte da Urban Decay no tom Blood Red. É um vermelho profundo e apesar de ter acabamento matte é muito confortável (como um batom cremoso normal). Este batom faz parte da nova coleção da marca (disponível na Sephora), Vice, e é super badass porque parece uma bala. Dura bastante tempo, mais do que qualquer outro batom em stick que eu tenho.

 

E então ? A qualidade paga-se? Em alguns casos sim, noutros casos paga-se o visual do produto e o nome da marca. Nenhum destes produtos me desiludiu, muito pelo contrário, são os melhores produtos na sua área que eu tenho na minha pequena coleção. Existem muitos dupes por este mundo da maquilhagem, mais baratos, que são idênticos em praticamente tudo aos seus gémeos mais caros (pe.: o iluminador Mary Lou Manizer do The Balm e o Pro Illuminate da Makeup Revolution). Aqui é mesmo uma questão de preferência pessoal e valorização de certos aspectos em detrimento de outros.

IMG_20160711_222902

What’s in the box? – Maquillalia

72

Esta semana prometi um unboxing das mais recentes compras da Maquillalia e não se preocupem mais, leitores e Brad Pitt, que esse dia chegou.
Esta não é a minha primeira compra no site Maquillalia, mas é a primeira em grande escala desde que tenho o blog.

Não sei se sou só eu mas comprar maquilhagem é mais engraçado quando são coisas que eu não preciso… como por exemplo paletas de sombras. Primers e concealers já não têm tanta graça.

A minha experiência com o site foi muito boa. Infelizmente eu tenho o hábito de fazer compras online no fim-de-semana o que prolonga o sofrimento até à chegada das encomendas. Mesmo assim, a Maquillalia é muito rápida a processar os pedidos (em média 2 dias desde o pagamento até à entrega) e enviam emails durante o processo para que o cliente saiba tudo o que se está a passar com o seu futuro espólio. Na encomenda anterior um batom da NYX estava com um problema a nível de hardware… não fechava. O serviço de apoio ao cliente disponibilizou-se logo a enviar-me um batom novo. Só tenho uma ressalva: se falarem com o apoio ao cliente façam-no em inglês ou espanhol porque eu tive alguma dificuldade em perceber o portunhol deles. Partilho assim convosco esta frase inspiradora retirada de um dos emails que recebi:

“Vamos notificar a SEUR para prosseguir com a coleção, porque se a ordem foi gerado por ele.”

Such inspiring, much pretty :’)
Mas nada temam meus amigos! Rapidamente conseguem incluir esta nova linguagem da Maquillalia no vosso vocabulário. Ainda respondi em inglês e espanhol porém, como bons profissionais, responderam-me em português, e eu continuei sem perceber o que estava a acontecer na totalidade.
E agora vamos passar então à parte que interessa: COMPRAS!

IMG_20160318_151404Taaaa taaaa taaaa… o mistério adensa? O que estará na caixa? Chapéus? Primeiras edições do livro “Alice no País das Maravilhas” em russo? Maquilhagem? É, é mesmo só maquilhagem.

IMG_20160318_153954Em primeiro lugar temos o HD concealer da NYX no tom Porcelain. Este é o tom mais claro porque se há uma coisa que eu e os fantasmas temos em comum é o tom de pele e arrependimentos. É mais liquido que o que eu esperava mas dá uma óptima cobertura.

IMG_20160318_153933Aqui estão os amigos da Makeup Revolution: o Pressed Poweder Bronzed Kiss (um bronzer muito suave com uma embalagem à lá inspector Gadget), o Pro F105 Contour brush e o Pro E102 Eyeshadow contour brush.

IMG_20160318_153052

IMG_20160318_153338Como só recentemente me emergi completamente no mundo da maquilhagem, só agora é que tenho o Illuminator Hearts da I Heart Makeup (uma chancela da Makeup Revolution). Este é o Goddess of Love, e apesar de eu estar à espera de uma transformação como na Sailor Moon quando experimentasse o iluminador, isso não aconteceu. Fiquei muito triste por não ter levitado e de repente ter uma roupa nova e uma tiara na testa mas também não se pode ter tudo. Este iluminador é rosado e combinava com os chocolates que eu tinha (ter no passado porque os estou a comer agora e calculo que quando chegue ao fim do post já tenham acabado).

IMG_20160318_151915Continuando na onda “Coisas que eu só descobri agora” vem a paleta de sombras I Heart Chocolate da I heart Makeup. Quando apresentam uma embalagem é óbvio que ninguém é forte o suficiente para não comprar paletas. A marca agora já tem mais 4 soon to be 5 paletas da mesma coleção mas esta é a primeira, a original, única e incomparável. Ps.: As sombras cheiram a chocolate.

IMG_20160318_154126

Comprei também um batom matte da Jordana porque nunca tinha experimentado nenhum desta marca e são muito baratos, tendo em conta que a embalagem do batom parece saída de um videoclip de hip-hop dos anos 80 isso não é de estranhar. Este tom é o Blazing Mango e é basicamente coral. O batom em si é bom, é mais seco que os outros batons matte que tenho e cheira a baunilha o que me faz sempre lembrar a maquilhagem de brincar – e isso é bom porque oferece um sentimento de nostalgia.

IMG_20160318_153821

Para apresentar o Corrector Anti-Vermelhidão Prime and Fine da Catrice temos o Senhor Dinossauro que está muito feliz porque as suas patitas pequenas de T-Rex finalmente servem para alguma coisa.

IMG_20160318_153754Apesar de toda a gente dizer que mais nenhuma esponja substitui a Beauty Blender, se me derem a escolher uma Beauty Blender e um produto que faz quase a mesma coisa mas que é vendido dentro de uma caixa com um pinguim a resposta vai ser…

7552591e196bcfb6db28700049825892

9d4b6780-6203-0132-17a6-0a7dfd902b7c

Esta é da Vanity Tools, chama-se Perfect Blender e é a versão preta para combinar com a minha alma.

 

Por último, a PIÈCE DE RÉSISTANCE:

IMG_20160318_151734

É a paleta da Makeup Revolution – 144 eyeshadow Palette 2016 Collection. Entre brilhantes e mattes existem 144 sombras em cores muito variadas. Como é normal em todas as marcas as sobras brilhantes são mais pigmentadas mas as matte também são muito boas e cremosas (tal como na I Heart Chocolate). Têm cores escuras mas ao contrário da edição anterior, a de 100 sombras, esta tem cores mais claras e vivas, excelentes para a primavera.

Como o post foi muito longo deixo-vos aqui um bónus:

PhotoGrid_1458324817862

 

 

 

Maquilhagem/Makeup: IT’S A TRAP

Num belo dia de fevereiro (em que fazia vento e chovia torrencialmente), entrei numa loja de perfumes e cosmética. Vamos chamar a esta loja Fragrâncias e Coisas. Ao deambular pela secção de maquilhagem da loja sou intercetada por uma funcionária descida dos céus pronta para espalhar a boa nova. Vamos constatar o facto de eu, naquele dia, não estar maquilhada. Chegando-se até mim como um anjo da salvação, olha para mim e diz: “É fascinada por maquilhagem? Precisa de AJUDA?”

IMG_20160218_173007
Ora bem, primeiro entrei num paradoxo filosofal, perguntando-me internamente se EU sou fascinada por maquilhagem. Recentemente decidi iniciar a minha busca por mais conhecimentos sobre maquilhagem. Foi uma viagem exaustiva mas numa noite fiquei a saber as diferenças entre 30 pincéis iguais, quais as melhores marcas para batons mate e como fazer um smoky eye em todas as cores possíveis e imaginárias. Gosto de imaginar que a minha entrada no mundo da maquilhagem foi durante a madrugada enquanto clicava compulsivamente em sites de cosmética, curvada sobre o computador que apenas iluminava a minha cara maníaca cheia de tiques nervosos. Quando acordei ao outro dia era uma pessoa mudada, no entanto sempre com um vazio, de que os meus conhecimentos sobre pinturas faciais nunca fossem suficientes.
Voltando à história da senhora da loja, o facto de ela considerar que a minha cara nua precisava seriamente de ajuda deixou-me abalada. Ela era um mestre jedi e eu era o seu padawan frustrado.

PhotoGrid_1455817059921
De facto se calhar ainda preciso de ajuda, é difícil acompanhar a evolução darwiniana da maquilhagem: creme, primer, base,corrector, pó fixador, bronzer, blush, iluminador. Ainda é mais complicado quando esta aprendizagem é feita em sentido inverso. Quando comecei a usar maquilhagem aos 14-ish anos só usava base e eyeliner (azul com brilhantes, claro), depois começa-se a usar um cat eye e batom vermelho. Ok, podia ter ficado por aqui mas depois é preciso esfoliante e hidratante para os lábios ohhh mas com delineador fica melhor. As sombras então são um poço sem fundo. Não experimentem com sombras crianças, entre 5 tons parecidos vocês vão achar que precisam de todos, com e sem brilhantes.
Assim, respondendo à senhora da fascinação da maquilhagem: sim preciso de AJUDA mas é para parar o comboio da maquilhagem, não é para entrar nele.
Conclusão: a maquilhagem é composta 57% de cocaína porque nunca na história da humanidade se ouviu a frase “Já tenho maquilhagem que chegue”.

.. ..

 

 

—————————————————-

It was a beautiful February day (it was windy and pouring), I entered a perfume and cosmetics shop. Walking around the store I’m stopped by an employee that came from the skies ready to talk about the lord and savior. Let’s just say that I didn’t had any makeup on that day. She approached me like a salvation angel, looks at me and says: “ Are you fascinated by makeup? Do you need HELP?”

IMG_20160218_173007
Well, fist of all I entered a philosophic paradox, asking myself if I AM fascinated by makeup. Recently, I decided to begin my journey for more makeup knowledge. It was an intense journey but in one night I learnt about the differences on 30 equal brushes, what are the best brands for matte lipstick, and how to make a smoky eye in all the colours you can imagine. I like to imagine that my entrance in the makeup world was during the night while I clicked compulsively on cosmetic’s websites, curved over my laptop that illuminated only my maniac, full of twitches face. When I woke up next day, I was a changed person, but a feeling of emptiness was lingering on, that maybe, my knowledge about facial painting would never be enough.
Going back to the story of the lady in the store, the fact that she thought that my bare face needed urgent help shook me up. She was a jedi master and I was her young, frustrated padawan.

PhotoGrid_1455817059921
Maybe I do still need help, it’s hard to keep up the darwanian evolution of makeup: moisturizer, primer, foundation, concealer, fixing powder, bronzer, blush, illuminator. This is even harder when this is learnt the other way around. When I started to use makeup at 14-ish I only used foundation and eyeliner (blue with glitter, of course), then you star wearing a cat eye and red lipstick. Ok, that’s fine, you could have stopped here but then you need exfoliating and moisturizing for your lips ohhhh but it looks better with a lip liner. Eyeshadows are a bottomless pit. Do not mess around with eyeshadows children, between 5 similar tons you are going to think you need them all, with and without shimmer.
So, answering the makeup lady: yes I do need HELP but it’s to stop the makeup train, not to get on it.
In conclusion: makeup is composed by 57% of cocaine because never in the human history you heard the phrase “I have enough makeup”.

.. ..